No desespero, Haddad apela para Lula participar dos eventos de campanha

Carlos Newton

Com apenas 8% das intenções de voto para a Prefeitura de São Paulo, o candidato petista Fernando Haddad pediu que o ex-presidente Lula comece a participar de sua agenda de campanha. Haddad esteve no Instituto Lula, na zona sul de São Paulo, na última segunda-feira, para discutir os principais problemas de sua campanha.

A questão dos recursos financeiros está equacionada, mas a candidatura segue com muitas dificuldades para crescer nas pesquisas. Por isso, Haddad quer a presença de Lula nos eventos, mas acontece que o ex-presidente ainda não está totalmente recuperado do violento tratamento contra câncer a que foi submetido, tem dificuldades para caminhar e não pode encarar uma campanha eleitoral para valer. Além disso, a presença dele é cobrada em outras grandes cidades do país, onde o PT disputa eleições com maiores chances de vitória do que em São Paulo.

###
HORÁRIO GRATUITO

Na verdade, a maior esperança de Haddad é a reação dos eleitores ao horário eleitoral gratuito no rádio de na TV, que começou terça-feira. O programa permitirá ao eleitor conhecer as propostas petistas e Lula aparece a todo momento pedindo votos para Haddad. Com isso, o candidato acha que a campanha enfim poderá deslanchar.

“Minha convicção é de que o paulistano está em busca de soluções para os seus problemas e vai votar naquele que apresentar as melhores ideias”, disse Haddad ao jornal Estadão.

Segundo o petista, o ex-presidente Lula gravou sua participação em alguns programas do horário eleitoral, assistiu ao conteúdo e ”gostou muito”. Haddad também destacou que algumas pesquisas apontam para tendência de crescimento de intenções de voto.

O certo é que, se a campanha de Haddad não tiver decolado até o final da próxima semana, quando sairem novas pesquisas já influenciadas com o horário eleitoral do rádio e televisão, só lhe restará cantar um tango argentino, como recomendava Manuel Bandeira em seu genial poema “Pneumotorax”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *