Esclarecendo questões religiosas, graças a Zeus

Siomara Ponga

Catarina von Bora foi deixada pelo pai na porta de um convento. Um dia, aos 25 anos, ouviu falar de Lutero. Ela e outras freiras fugiram e ela procurou Lutero. O pai dela queria ser avô e quando Lutero apareceu em casa dele, consentiu no casamento.

Ela era muito feia e foi uma sorte ter achado alguém com quem se casar; ele, bem mais velho e também muito feio, foi sendo levado e tiveram seis filhos. O pai dela ficou contente, ela ficou contente e Lutero deu para falar mal de judeus, traduziu (mais uma versão) a Bíblia para o alemão e foi assim.

No mais, tudo política porque as igrejas são muito partidárias, pior do que no Brasil, onde há 27 partidos e cada um pior do que o outro. Então, muitos anos depois nascia Martin Luther King, outro religioso político ou vice-versa, e deu no que deu. ” Um dia eu tive um sonho…”

Coitado… Não viveu para ver seu sonho realizado.

Estarei aqui sempre disposta a esclarecer dúvidas político-religiosas. Graças a Zeus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *